18 de junho de 2019
Foto:Yhgor Chagas
29/04/2019 08:38
Em Campo Grande, vereadores discutem meios de sanar a atual situação das filas da Lotérica de Rio Verde.
Em Campo Grande, vereadores discutem meios de sanar a atual situação das filasda Lotérica de Rio Verde.

Em Campo Grande-MS, os vereadores Andres Claudio de Souza (PDT), Aline Loubet da Silva (PT) e o Presidente da Câmara Municipal de Rio Verde Riovaldo Pires Martins (ZICO) (PRB) se reuniram com diretores da Superintendência da Caixa Econômica Federal no estado, com o objetivo de solicitar informações referentes às longas e demoradas filas da casa lotérica da cidade.

A reunião, realizada na sexta-feira (27/04), os vereadores ressaltaram também a necessidade urgente de instalação de caixas eletrônico da Caixa Econômica Federal no município e também argumentaram que como a Casa Lotérica não consegue absorver satisfatoriamente a demanda de atendimentos, o que causa longas filas de espera e transtorno para a população quais os meios para solicitarem abertura de mais uma casa lotérica para Rio Verde.

Em resposta, o Superintendente Regional da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso do Sul, Marcelo Bonfim, relatou que o processo de licitação para aquisição de mais um terminal de atendimento lotérico (Guichê) já esta em andamento, e aumentará a capacidade de atendimento e conseqüentemente reduzira as filas.

Quanto à dúvida de abrir mais uma casa lotérica, Marcelo argumentou: “Rio Verde não se enquadra nos padrões financeiros que a Caixa solicita para ter Duas casas, portanto o meio agora é atrairmos parceiros de atendimentos como “Caixa Aqui” que depende de estabelecimentos comerciais que queira ajudar a desviar o foco da lotérica para transações como pagamentos de boletos, Saques e transferência bancaria’.

A vereadora Aline Loubet (PT) destaca que a população também pode procurar as agências bancarias e até mesmo o Correio para pagamentos de boletos, deixando a lotérica livre para serviços que só ela oferece.

Para o Presidente Zico o momento econômico do país é instável, portanto como a Caixa é um banco estatal, sabemos que dificilmente vão abrir uma agência em nossa cidade e muito menos outra casa lotérica, então: “viemos procurar o jeito certo e correto de resolver este problema que a população tanto nos cobra, e ficou muito claro que não depende de nós vereadores e sim de um sistema, mas assim como a gente estão empenhados para resolver este problema que ocorre em todo o Pais”. Encerrou Zico.

 

Texto/Fonte: Yhgor Chagas